SEJA UM REVENDEDOR

BLOG

#NovembroAzul: cuidado e prevenção

#NovembroAzul: cuidado e prevenção

Novembro não é apenas o penúltimo mês do ano, ele também é denominado como Novembro Azul, o mês mundial do combate ao câncer de próstata. Hoje, te contamos um pouco sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento. Vamos lá!


Diagnóstico


Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite). Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal. (INCA)


De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), homens a partir de 50 anos (mesmo sem apresentar sintomas), devem procurar um profissional especializado, para avaliação individualizada, tendo como objetivo o diagnóstico precoce do câncer de próstata. Os homens que integrarem o grupo de risco (raça negra ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata) devem começar seus exames mais precocemente, a partir dos 45 anos. Após os 75 anos, somente homens com perspectiva de vida maior do que 10 anos poderão fazer essa avaliação.


Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), um em cada seis brasileiros terão a doença ao longo da vida. Além disso, ele é considerado o tumor mais comum do sexo masculino. Por isso, frisamos a importância de fazer o acompanhamento anualmente e diagnosticar no início.


Tratamento


O tratamento irá depender do estágio da doença (localizado, localmente avançado ou avançado), a idade e condições clínicas do paciente também influenciam. (Informações do Portal da Urologia).


Para doença localizada (que só atingiu a próstata e não se espalhou para outros órgãos), cirurgia, radioterapia e até mesmo observação vigilante (em algumas situações especiais) podem ser oferecidos. Para doença localmente avançada, radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal têm sido utilizados. Para doença metastática (quando o tumor já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento mais indicado é a terapia hormonal. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um. (INCA)


Prevenção


No site do Instituto Nacional do Câncer - INCA, tem uma lista completa de como você pode prevenir o câncer. Confira aqui!


É sempre bom lembrar que exames periódicos, uma alimentação saudável rica em frutas, legumes, verduras, cereais integrais, leguminosas e prática de atividade física são cuidados indispensáveis que podem prevenir de três a quatro milhões de casos novos de câncer a cada ano, em todo o mundo. Além disso, evite alimentos ultraprocessados, como aqueles prontos para consumo ou para aquecer, bebidas açucaradas.


Para mais informações acesse:


https://www.inca.gov.br/ 


https://portaldaurologia.org.br/ 

  • #NovembroAzul: cuidado e prevenção





FALE CONOSCO